Dercy e Osmarino no Congresso Nacional da Conlutas

Chegou a hora do 1º Congresso Nacional da CSP Conlutas

Delegações de norte a sul do país já começaram organizar as caravanas para vir ao 1º Congresso Nacional da CSP Conlutas que acontece de 27 a 30 de abril em Sumaré, interior de São Paulo.

São bancários, servidores públicos federais, estaduais e municipais, metalúrgicos, operários da construção civil, professores, estudantes, trabalhadores sem teto, trabalhadores rurais, comerciários, professores, metroviários, organizações que lutam contra as opressões – negros, mulheres e homossexuais – e representantes de tantas categorias. Todos foram eleitos delegados em assembleias de base para representar centenas de milhares de trabalhadores brasileiros.

Os temas debatidos no evento serão a crise econômica mundial e as mobilizações dos trabalhadores no mundo; a situação nacional sob o governo de Dilma Rousseff, a organização da Central na base das categorias onde está presente e outros pontos.

A organização de base e os acidentes de trabalho terão pontos especiais durante o Congresso cujo um dos pontos altos será a apresentação das teses e o debate nos grupos de trabalho.

Entre as presenças esperadas estarão a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xapuri (AC), Derci Teles, e o representante dos trabalhadores rurais de Brasiléia (AC), Osmarino Amâncio, que já sofreu inúmeros atentados por defender a Amazônia. Considerados sucessores de Chico Mendes, os dois explicarão como se dá a luta no norte do país em defesa da Amazônia na perspectiva de integração das mobilizações rurais e urbanas.

Outra presença aguardada pelos delegados ao congresso da Central é a dos trabalhadores da construção pesada da Comperj, Suape (PE) e Belo Monte, envolvidos nas recentes greves que chamaram a atenção do país, tal o grau de exploração e péssimas condições de trabalho as quais são submetidos.

Já na abertura, a índia Kaiowá-Guarani Dirce Veron, da região de Dourados, no Mato Grosso do Sul, denunciará aos participantes do evento a violência que vem sofrendo seu povo ao defender o direito as suas terras e a sua cultura.

Também estão programadas atividades culturais e auto-gestionadas em horários alternativos ao funcionamento do plenário.

O evento aguarda cerca de 2 mil pessoas entre delegados, convidados e observadores. O congresso é um momento privilegiado da democracia defendida pela CSP Conlutas desde a sua fundação. Todos os delegados e delegados após debates aprovam os rumos da Central para os dois anos seguintes.

Internacional – Nos dias 2 e 3 de maio acontecerá em São Paulo uma reunião internacional com a representação de entidades de 17 países que estão participando de mobilizações na Inglaterra, França, Alemanha, Espanha, Itália, Portugal, África do Sul, Egito, China, Canadá, Estados Unidos, além de países da América Latina e América do Sul. A delegação internacional participa do congresso da Central.

Fonte: http://cspconlutas.org.br/2012/04/chegou-a-hora-do-1o-congresso-nacional-da-csp-conlutas/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s